EDUCAÇÃO EXTRA
Educação Ambiental
As aulas são espaços para o estudo de problemáticas socioambientais cotidianas, engajamento dos alunos para uma postura transformadora da realidade vivida, formação de uma crítica reflexiva e percepção do protagonismo socioambiental para formação de uma cultura de sustentabilidade.
 
 
O cuidado em consolidar a disciplina de formação socioambiental amparada em conhecimentos científicos é um diferencial buscado nas aulas. Mesclar ciências e vivências, a partir de atividades investigativas, possibilita um aprendizado passível de verificação.
 
Os procedimentos aplicados nas aulas buscam um diálogo entre a reflexão e a ação, para isso as sequências didáticas são planejadas de forma a possibilitar: a sensibilização para os temas, a acessibilidade a diversas fontes de informação, a discussão coletiva, as vivências, a verificação do aprendizado e as possíveis mudanças de paradigma.
 
 
EDUCAÇÃO AMBIENTAL
Dia mundial do Meio ambiente
Ecofestival do Minuto
O Ecofestival do Minuto é um evento interno de exibição de curtas audiovisuais dedicados à temática socioambiental, com a duração de um minuto. Os vídeos são produzidos, sob orientação, pelos alunos do Ensino Fundamental II durante as aulas.
 
Os objetivos do festival são:
• Incentivar o uso da linguagem audiovisual crítica;
• Orientar o olhar para os problemas socioambientais contemporâneos e suas múltiplas abordagens;
• Cativar um público crítico e protagonista;
• Incentivar a criatividade e a reflexão dos alunos.
 
Para entender melhor
A Educação Ambiental é uma disciplina que integra a grade curricular de todo o Ensino Fundamental, como parte do projeto da Viverde de constantemente nutrir e inovar a construção da ecocidadania. Sendo assim, essa disciplina não fragmenta a discussão socioambiental, mas discute seus conteúdos ampliando a percepção dos alunos sobre os impactos das ações humanas no ambiente e na sociedade.
 
Pretende-se, com isso, suscitar muito mais do que a mudança comportamental mecanizada, mas uma mudança baseada nos porquês dos acontecimentos, gerando ações preventivas e colaborativas na construção de uma sociedade integrada ao meio em que vive.